Hoje, ter um site é fundamental para os negócios. Afinal, essa solução possibilita que uma empresa aumente a sua presença no ambiente digital, conquiste mais clientes e, assim, melhore as suas vendas.

No entanto, para que ele consiga alcançar esses objetivos, é fundamental que funcione adequadamente, tendo, por exemplo, uma boa velocidade de carregamento de páginas e imagens. Isso, inclusive, pode influenciar na estratégia SEO.

Para saber mais, acompanhe a leitura!

O que é SEO?

Antes de tudo, é importante saber o que é SEO (Search Engine Optimization). Então, de acordo com especialistas, trata-se de técnicas que têm por objetivo melhorar o ranqueamento de sites ou páginas nos motores de buscas, como Bing e Yahoo etc.

Em termos práticos, essa estratégia faz com que o site ou página de sua empresa seja encontrado com maior facilidade nos mecanismos de buscas pelas pessoas ou potenciais consumidores que desejam ou tem a pretensão de adquirir serviços ou produtos que comercializa. Não necessariamente adquirir itens, mas também tirar dúvidas, obter mais informações sobre algo que pensa em comprar etc.

Assim, podemos dizer que a estratégia SEO pode fazer com que a sua marca aumente a sua visibilidade no ambiente digital e melhore as vendas. Além disso, faz com que o seu site se torne mais relevante, considerando a ótica dos robôs do Google, que são quem faz o ranqueamento orgânico, e a de seus potenciais clientes, que são atraídos para o seu ambiente digital de negócio.

Qual é a relação do SEO com a velocidade do seu site?

Então, de acordo com o Google, hoje, o tempo de carregamento de uma página conta como um elemento de relevância para o seu sistema de ranqueamento. O objetivo dessa mudança foi, conforme apontam os especialistas, garantir a melhoria da experiência dos usuários, ou seja, oferecer sites e páginas que realmente sejam capazes de garantir que o usuário não fique insatisfeito e, assim, utilize o mecanismo de busca do Google como ferramenta de pesquisa preferida.

Assim, caso um site apresente lentidão em seu carregamento, poderá não ser reconhecido pelos robôs do Google, ficando, dessa maneira, para trás diante do ranqueamento orgânico.

Ação do potencial cliente após clicar no site de carregamento lento

O Google pode até reconhecer ou apresentar os sites que têm um carregamento lento, mas outro detalhe merece atenção: o usuário estaria disposto a permanecer no site após clicar nele?

Atualmente, como sabemos, os consumidores são imediatistas, ou seja, querem resolver os seus problemas para ontem. Nesse sentido, vale citar a pesquisa conduzida pela Akamai, que constatou que mais de 40% dos usuários que navegam em sites os abandonam, caso eles demorem a carregar mais de 3 segundos.

Como se vê, portanto, a velocidade do seu site pode influenciar significativamente a sua estratégia SEO, bem como o sucesso dos seus negócios no ambiente digital. Assim, não deixe de investir na velocidade da sua página.

Gostou deste texto e deseja ler outros? Em caso de resposta afirmativa, não deixe de acessar nosso blog e conferir nossas demais publicações!