Live streaming tem cada vez mais se tornado uma das principais formas de transmissão de conteúdo. Desde vídeos corporativos, games, programas variados e até mesmo eventos esportivos, são transmitidos por esta modalidade.

Contudo, ainda existe certa dificuldade em entender como fazer uma live streaming de qualidade. Afinal, qualquer live streaming é composta de muitos fatores, desde a captura até o processamento e entrega do conteúdo.

Além disso, também é necessário analisar a outra ponta da transmissão, o consumidor. Existe um limite na sua banda, velocidade ou equipamento, da qual você não tem controle.

Então, para ter o máximo sucesso na distribuição de conteúdo, confira como transmitir uma live streaming de qualidade.

Cuidados com as câmeras e equipamentos de captura

Em primeiro lugar, é preciso se atentar à câmera e aos equipamentos de captura usados no mercado. É claro que existem diversas opções de aparelhos, desde os mais simples até os profissionais.

Por exemplo, as câmeras para semiprofissionais são uma boa opção para quem está começando. São mais baratas e leves, contudo, têm uma qualidade menor. Logo, são ideais realmente para quem está começando, mas permitem uma boa qualidade.

Se você já é mais profissional ou quer fazer um evento corporativo, o ideal é investir em uma câmera profissional. São as que trazem maior qualidade, além de apresentar opções de configuração manual mais avançadas.

Para quem não conhece, essas podem ser um desperdício, mas na mão de quem sabe o que faz, pode ser um enorme diferencial.

Codificadores e velocidade da internet

O segundo ponto a pensar para uma live streaming com alta qualidade são os codificadores e a velocidade da internet. Ou seja, é o processo em que o conteúdo seja transformado em informação, para transmiti-lo através da internet.

Evidentemente, é um processo importantíssimo, podendo fazer a diferença para o sucesso do seu stream. Por meio dele, é possível:

  • Reduzir o tamanho dos arquivos;
  • Mudar o formato do áudio e sua qualidade;
  • Otimizar a resolução do arquivo;
  • Diminuir o buffering;
  • Transformar formatos obsoletos em modernos;
  • Otimizar o conteúdo para certos dispositivos, como foco no mobile.

O aspecto tecnológico é essencial para qualquer live streaming. Afinal, é nisso que ele se apoia. Isso também se aplica à internet. Para fazer a transmissão, é preciso de uma conexão com a internet com ótima velocidade de upload.

É possível descobrir a velocidade de conexão ideal conhecendo o streaming bitrates da transmissão. Ou seja, o volume de dados que você transmite a uma determinada velocidade. Uma boa prática é ter o dobro de upload quanto o resultado do seu bitrate.

Quer transmitir uma live streaming de qualidade? Considere uma CDN

Para ajudar a transmitir uma live streaming de qualidade, uma CDN é crucial. Por meio dela, você consegue limitar a perda de pacote de dados, impedindo que ocorra uma péssima experiência para seu usuário. Com essa forma de transmitir o conteúdo, você limita esta perda e tem uma transmissão mais estável.

Quer outras dicas para otimizar sua live streaming? Confira o blog da Singular e descubra como melhorar a experiência do usuário com seu conteúdo!