Chegamos ao final do ano e a expectativa das vendas on-line no Natal é que apresente um crescimento em relação aos anos anteriores, diante do otimismo e as perspectivas de mudanças para o novo ano.

Prova disso foi o resultado da última Black Friday, onde as vendas totalizaram R$2,1 bilhão, de acordo com os dados da Ebit|Nielsen, referência em dados sobre o e-commerce brasileiro. O volume de pedidos ultrapassou a marca de mais de 3,23 milhões, crescimento de 14%, na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Porém, para superar essas expectativas é preciso ter uma loja virtual pronta para o volume de acessos e vendas que são esperados, e isso engloba diferentes aspectos dentro de uma infraestrutura de comércio eletrônico.  Por essa razão, separamos algumas dicas importantes para implementar antes de começar vendas on-line no Natal.

O e-commerce se consolida como o principal caminho do varejo global

O varejo on-line se tornou crucial para atender à maneira pela qual os clientes querem comprar. As empresas que investiram em desenvolvimentos de sites, particularmente aquelas que adaptaram suas lojas virtuais aos dispositivos móveis e com a infraestrutura de TI adequada ao grande volume de transações, se saíram muito melhor em ambiente comercial com forte concorrência, como é o caso do comércio eletrônico.

Assim, como você já tem acompanhado nos últimos anos, as compras online se disseminaram, principalmente devido ao aumento de dispositivos móveis e da alta conectividade dos consumidores.

A realidade nos mostra que esse cenário tem acelerado ainda mais o comércio eletrônico em diferentes segmentos do mercado, uma vez que as lojas virtuais adaptadas ao mobile e os aplicativos tem tornado acessíveis e ágeis o processo de compra.

Dicas para aumentar as vendas on-line no Natal

Existem alguns aspectos fundamentais a serem adotados para um e-commerce se tornar viável para as vendas online no Natal e para os demais períodos durante o ano. Vamos as dicas.

  1. Invista na experiência do usuário

Muitos varejistas estão lutando para acompanhar os requisitos de negócio em rápida mutação das operações multicanal. Essa adequação tem sido vital para obter vantagem competitiva e para atender as exigências dos consumidores que buscam uma experiência perfeita em plataformas multicanais, como poder acessar informações sobre produtos e realizar compras através de dispositivos móveis.

  1. Garanta que sua loja virtual vai ter capacidade suficiente para a carga de visitantes e transações

Imagine como seria ruim para a credibilidade de sua loja virtual e o prejuízo financeiro para o seu negócio, se no meio do acesso ao seu site ou aplicativo seu cliente enfrentar lentidão, com informações, a exemplo de imagens e vídeos, não sendo carregados ou o cancelamento do processo de pagamento em decorrência do tempo de espera.

O crescimento dos usuários e consumidores da Internet está aumentando e ter uma infraestrutura de TI como suporte a essa demanda se tornou fundamental.

  1. Tenha um processo de vendas ágil seu e-commerce

Os pilares principais que garante as vendas on-line no Natal são agilidade, disponibilidade e eficiência. Esse tripé permite que sua loja virtual forneça aos clientes a rapidez necessária em todo o processo de venda, garantindo assim a satisfação dos consumidores ao final da compra.

  1. Aplique um forte política de segurança de dados

Sites de e-commerce precisam garantir proteção adequada dos dados e a privacidade de seus clientes contra ataques e roubo de dados antes mesmo da temporada de festas de fim de ano. Ataques de negação de serviços (DDoS) é apenas uma das principais ameaças as vendas on-line no Natal. Os varejistas on-line devem agir agora para fortalecer suas defesas de segurança de TI, aplicando recursos tecnológicos, processos e políticas de segurança dedicados.

As estratégias do Natal se aplicam as lojas virtuais durante o ano todo

Garantir que estejam protegidos contra ataques DDoS, que podem prejudicá-los por horas e até dias, investir na expansão de sua infraestrutura para absorver cargas de acesso e transações, implantando recursos que ampliam a capacidade de vendas através da Internet, não se aplica somente ao Natal.

As dicas apresentadas em neste artigo, além de várias outras já publicadas em nosso blog, devem fazer parte das estratégias de todas as lojas virtuais. A ideia aqui não é apenas garantir seu e-commerce no Natal, mas ter a certeza que suas vendas vão acontecer durante todo o ano.

As empresas com visão de futuro se beneficiarão com o investimento em soluções de performance, velocidade e segurança em suas lojas virtuais. Tudo isso contribui para evitar perdas de receita e danos à reputação da marca. Por isso, se seu e-commerce ainda não está preparado para as vendas on-line no Natal, então corra, porque vocês estão bem atrasados!

Se inscreva em nossa newsletter e não perca as novidades e outras importantes dicas para garantir a sobrevivência do seu e-commerce. E aproveite também para nos seguir nas redes sociais.