Não tem  nada pior que a sensação de frustrar os visitantes do seu site no momento em que eles estão navegando no site. Seja fazendo uma compra na loja virtual, acessando um blog ou através de uma plataforma de streaming.

Frustrações podem impactar um negócio, seja ele uma startup ou empresa consolidada. Além disso, o impacto de frustrar os visitantes do seu site atinge não somente o lado financeiro quanto a imagem de sua organização junto ao mercado.

Pensando nisso, separamos algumas dicas que vão servir como um guia para você ser mais assertivo no seu site e evitar a frustração junto aos visitantes e clientes.

A experiência do usuário é o melhor caminho para não frustrar os visitantes do seu site

Para iniciar nosso guia é muito importante entendermos a importância da experiência do usuário durante a interação com os usuários.

A experiência do usuário (UX) engloba planejar o design de um produto ou serviço para que as interações dos clientes resultem em uma experiência positiva. Ou seja, com o UX (user experience) buscamos estimular a visita ao nosso negócio com algo positivo.

Essa experiência inclui a interação e a atitude de um usuário final em relação a um determinado sistema, produtos ou serviços de TI, incluindo a interface, os gráficos e o design e performance. Para as empresas essa vivência positiva com uma loja virtual ou uma plataforma de streaming é a certeza de fechar bons negócios. Vejamos mais algumas dicas importantes em nosso guia.

  1. Não libere nada sem testar

Um dos principais motivos para frustrar os visitantes do seu site são os famosos bugs, aqueles erros ou a falta de tratamento de erros durante o processo de compra em um e-commerce, durante a transmissão de um vídeo, a leitura de um blog, etc.

É fundamental determinar critérios de qualidade a serem usados durante as etapas em que ocorrem os testes de qualquer produto ou serviço. Nesse processo, avaliações heurísticas fazem parte do processo de validação da solução e determina se critérios como acessibilidade, as regras gerais da UX e as métricas de desempenho são abordadas.

  1. Invista na interação humano-computador

HCI ou a interação humano-computador é o estudo de como as pessoas interagem com computadores e até que ponto os computadores são ou não desenvolvidos para uma interação bem-sucedida com os seres humanos.

Hoje, muitos usuários de computadores argumentam que os desenvolvedores de produtos e serviços de TI ainda não estão prestando atenção suficiente para tornar seus produtos “fáceis de usar” e isso tem resultado em frustração e a perda de grandes negócios. Fique atento a usabilidade.

  1. O desempenho do seu site também faz parte da experiência do usuário

Podemos definir a performance do seu site em dois aspectos principais:

As estratégias de experiência do usuário devem ser constantemente modificadas à medida que as circunstâncias de uso mudam e os sistemas são modificados no contexto de uso, e isso inclui diretamente a performance do seu site em ambos os casos descritos. A performance deve ser uma prioridade.

Próximos passos

A experiência do usuário aborda todos os aspectos de como um produto ou serviço é percebido pelos usuários. Por isso, inclua em sua estratégia de desenvolvimento todos os aspectos descritos em nosso artigo, certamente eles vão ajudar a diminuir as chances de frustrar os visitantes do seu site e possibilita ainda aumentar a satisfação dos clientes, resultando em bons negócios.

Não se esqueça, além de nosso blog, estamos nas principais redes sociais. Se inscreva em nossa newsletter para não perder as novidades.