O Singular tem um compromisso claro: Deixar a internet brasileira cada vez mais rápida e segura.

Baseado nisso, nós estamos sempre analisando de onde vem os maiores acessos do Brasil e onde a latência mais flutua, para determinar com clareza onde devemos crescer para deixar a internet melhor e mais segura.

Segundo consta em artigo da Abranet, o acesso a internet não vem de grandes provedores, como a maioria imagina, como disse o conselheiro da Anatel Aníbal Diniz:

“De cada cinco novas residências, quatro estão sendo atendidas por provedores regionais. E 73% desses
operadores atendem até 1 mil assinantes, sinal de que a multiplicação dos pequenos faz diferença no setor.
Em estados do Nordeste e do Sul, a participação é significativa. Em 30% dos municípios do Nordeste os 
pequenos são os principais fornecedores de internet de alta velocidade, sendo que 80% dos provedores
regionais estão em municípios com menos de 30 mil habitantes. No geral dos municípios desse porte, 
a participação dos pequenos é 38% em média”.

 

Por causa disso, acabamos de adicionar mais um POP, na cidade de Belém, no Pará!

Praça da República em Belém

Por causa da diversidade de trânsito na internet, tinha gente que acessava de lá e acabava indo parar em Recife, outros em São Paulo e tinha gente até no nosso POP em San Francisco (Califórnia)! Estranho, né? 🙂

Agora todo mundo vai ter conteúdo bom e rápidão lá: Tudo com HTTP/2, WAF, TLS 1.3, Streaming e tudo mais que oferecemos.

E mal começamos a operação e já sentimos resultado!

O RTT (latência na rede) do pessoal que pegava conteúdo em Recife vindo de Manaus, por exemplo, já caiu 75% pela proximidade do conteúdo agora indo até Belém.

Temos ainda muito a crescer esse ano, num compromisso de entregar conteúdo com latência super baixa e levando as melhores tecnologias pro Brasil todo.