Streaming de vídeo faz uso de um processo intensivo de recursos. Isso é normalmente atribuído às várias redes pelas quais um fluxo de vídeo precisa passar, bem como à qualidade do vídeo, pois taxas de bits e resoluções mais altas exigem que mais informações relacionadas a esse fluxo sejam enviadas ao consumidor final.

Desta forma, não é recomendável transmitir vídeo usando seu próprio servidor. Para as empresas, isso pode resultar em gargalos na realização de negócios ou custos desnecessários para dimensionar uma infraestrutura de servidores.

Pensando nisso, separamos 5 dicas simples para aumentar a velocidade do seu streaming.

Saiba como aumentar a velocidade do seu streaming

  1. Use as ferramentas de compactação de dados

Ferramentas de compactação de dados reduzem o tamanho dos arquivos de vídeo sem prejudicar a qualidade da imagem. Os arquivos de mídia menores são carregados mais rapidamente, para que você possa economizar bastante tempo com os usuários, compactando todos os seus vídeos.

O ideal mesmo é não sacrificar a qualidade do vídeo durante seus esforços de compactação. Vídeos de alta qualidade fazem seu site parecer mais profissional e aumenta a credibilidade de suas iniciativas relacionadas ao uso de vídeos.

  1. Converter os vídeos em formatos com suporte HTML5

Uma grande vantagem do HTML5  para aumentar a velocidade do seu streaming é que os desenvolvedores agora podem fornecer conteúdo de vídeo sem o auxílio de um plug-in. Use um conversor de vídeo online para converter seus arquivos de vídeo em formatos HTML5, como MP4 e WebM.

  1. Remover o áudio não utilizado no vídeo

Se você tiver um vídeo com o áudio desativado, poderá remover os dados de áudio do arquivo de vídeo para economizar no tamanho do vídeo e aumentar a velocidade do seu streaming. Se você fez o vídeo, talvez seja possível omitir o áudio enquanto exporta o arquivo. Caso contrário, você pode usar uma ferramenta simples de edição de vídeo para retirar o áudio.

  1. Transmita diretamente do seu servidor

Durante muito tempo, os arquivos de vídeo precisavam ser totalmente baixados para o dispositivo do usuário antes que pudessem ser visualizados. Hoje, a tecnologia de streaming permite que os vídeos sejam entregues em pequenos pedaços prontos para reprodução no navegador do usuário.

  1. Use uma rede de entrega de conteúdo

Através de uma CDN, é possível armazenar cópias armazenadas em cache dos ativos estáticos do seu site. Além de melhorar a redundância, as CDNs garantem uma entrega de conteúdo mais rápida, pois o conteúdo é servido a partir do servidor de borda mais próximo. Isso é essencial para arquivos grandes, como vídeos. Dessa forma, os usuários não precisam esperar para que seus vídeos sejam baixados e armazenados em buffer.

Indo além de um CDN tradicional

Hoje, as CDNs se diferenciam pelos tipos de serviços que oferecem e pela granularidade e funcionalidade dessas ofertas individuais. Por exemplo, alguns fornecedores oferecem serviços focados no gerenciamento de API, onde outros oferecem recursos avançados de segurança de conteúdo, gerenciamento de direitos digitais e geoblocking.

Embora todos os fornecedores ofereçam serviços de armazenamento em cache para conteúdo estático, alguns adicionam recursos de gerenciamento sofisticados para limpar e atualizar o conteúdo em cache.

Por fim, o principal benefício das CDNs é sua capacidade de transferir quantidades significativas de entrega de seu data center para o CDN, reduzindo, assim, a área ocupada pelo data center.

Para saber mais sobre dicas e novas tecnologias para aumentar a velocidade do seu streaming, não deixe de se inscrever em nosso blog!