Para o e-commerce brasileiro o mês de novembro é especial. É a grande oportunidade para vender mais na Black Friday e uma preparação para o final do ano. Com a expectativa de grandes vendas, o grande desafio para o varejo online é garantir uma infraestrutura confiável para suportar o grande volume de acessos e transações.

De pequenas a grandes empresas que buscam o crescimento contínuo e sustentável, vender mais na Black Friday significa investir em tecnologia e boas práticas para garantir um e-commerce livre de instabilidades e seguro contra ataques e roubo de dados. Especialmente em um período onde grande parte das transações ocorrem com o uso de cartão de crédito.

Diante desse cenário, o primeiro passo para garantir que seu e-commerce vai vender mais na Black Friday é analisar toda sua arquitetura de TI e realizar as mudanças necessárias. Para ajudar separamos algumas dicas fundamentais a serem implantadas em sua loja online.

A Black Friday sempre supera as expectativas, por isso a necessidade de mudanças

Os grandes e-commerces já aprenderam a lição, o número de acessos e vendas no período de Black Friday sempre superam todas as expectativas e por diversos anos foi possível observar diferentes casos de lojas virtuais fora do ar ou cancelando pagamentos em virtude da lentidão no site.

  1. A importância dos dispositivos móveis é cada vez maior para o e-commerce vender mais na Black Friday

A cada ano que passa os dispositivos móveis têm sido fundamentais para aumentar as vendas no período de Black Friday. Seja através do layout do site adaptado ou através de aplicativo próprio, os e-commerces atuais precisam priorizar o formato para smartphones e tablets.

A realidade atual já mostra que os consumidores estão usando cada vez mais os dispositivos móveis para pesquisar e realizar compras em casa, no trabalho e na loja.

Os varejistas têm a oportunidade, através do e-commerce adaptado via site ou aplicativo, de usar dispositivos móveis para agregar valor por meio de informações, por meio de análises de produtos ou por meio de processos como Click e Collect, em que os consumidores podem comprar um produto on-line e depois buscá-lo na loja. Por essa razão a importância dessa mudança.

  1. É preciso melhorar a experiência dos clientes

Outro fator importante nesse período de Black Friday é a experiência dos clientes ao acessar sua loja virtual. As principais características desse período de vendas são as ofertas em preço reduzido e sua rápida venda.

É preciso aprimorar o processo de venda através do e-commerce, seja através da otimização de imagens, que precisam ser carregadas de forma dinâmica ou seja em um processo de pagamento ágil, somente com as informações necessárias para concluir a transação.

  1. Aumentar a velocidade do site é fundamental 

A performance do site é um fator de decisão no momento da compra e, portanto, para vender mais na Black Friday. Entre duas ofertas com o mesmo preço e condições de compra mas em sites diferentes, quem é que sai ganhando nessa disputa? Quem responder primeiro, é claro!

A otimização das lojas virtuais em relação ao tempo de carregamento e de resposta se tornou estratégico não só na Black Friday mas em qualquer período do ano. Se o e-commerce apresenta lentidão em qualquer momento do processo de compra já é motivo para o consumidor abandonar o carrinho de compras e procurar a concorrência.

Por fim, não esqueça da segurança e da alta disponibilidade. Esses dois fatores são críticos para qualquer época do ano. Certamente você tem acompanhado nos últimos tempos, casos de ataques virtuais e roubo de dados em grandes sites, a exemplo do Facebook e tantos outros. Nesse período de Black Friday não será diferente, e por isso cuidados como o uso de Firewall de Aplicação Web (WAF), anti-DDoS e certificado SSL são requisitos obrigatórios para qualquer e-commerce.

Se você ainda não implementou essas dicas em seu e-commerce então, o sucesso da sua Black Friday está em risco. 

Não perca as novidades de tecnologia da SingularCDN! Continue acompanhando nosso blog e inscreva-se em nossa newsletter.