O primeiro passo para escolher uma CDN e realizar um processo de migração é ter o entendimento consolidado do objetivo da tecnologia. É fundamental entender que a adoção deste recurso busca melhorar o desempenho da web, reduzindo o tempo necessário para transmitir conteúdo aos dispositivos conectados à Internet dos usuários.

Outro fator importante é saber que a arquitetura de rede de entrega de conteúdo é projetada para reduzir a latência da rede, geralmente causada pelo transporte de tráfego por longas distâncias e por várias redes. A eliminação dessa latência tornou-se cada vez mais importante, à medida que mais conteúdo dinâmico, vídeo e software como serviço são entregues a um número crescente de dispositivos móveis.

Esse entendimento facilita no processo para escolher um fornecedor de CDN que atenda a todos esses objetivos e conceitos. Por isso, vamos listamos importantes dicas que ajudam nessa jornada.

O mercado de CDN deve crescer bastante nos próximos anos

O mercado de CDN inclui dezenas de fornecedores, desde aqueles com presença global até aqueles que se especializam em um determinado país ou região. As previsões apontam que o mercado deve crescer exponencialmente para mais de US$ 30 bilhões até 2022.

Hoje, muitas das rede de entrega de conteúdo são diferenciadas pelos tipos de serviços que oferecem e pela granularidade e funcionalidade dessas ofertas individuais.

Por exemplo, alguns fornecedores oferecem serviços focados no gerenciamento de API, outros em recursos avançados de segurança de conteúdo, gerenciamento de direitos digitais e geo-blocking.

Embora todos os fornecedores ofereçam serviços de armazenamento em cache para conteúdo estático, alguns adicionam recursos de gerenciamento para limpar e atualizar o conteúdo em cache. Como resultado dessa complexidade, vamos verificar os itens que devem ser analisados na hora de escolher uma CDN.

Valores essenciais para escolher uma CDN

O valor de um CDN resume-se a 4 principais critérios:

1. Velocidade;
2. Eficiência;
3. Confiabilidade;
4. Monitoramento.

É comum discutir a velocidade como um dos critérios mais importantes na escolha de uma CDN. Junta-se a esse critério itens como largura de banda, taxa de transferência, latência e jitter.

Porém. o conceito de velocidade não revela necessariamente qual componente está executando a melhor CDN. Os critérios de “melhor” ou “mais rápido” se resumem ao que os usuários estão realmente vendo, e não à métricas individuais de uma maneira geral.

Ao escolher uma CDN não se pode avaliar apenas do ponto de vista técnico ou de “disponibilidade de recursos”. Deve ser avaliado com base na sua eficácia operacional e de monitoramento, afinal, não se trata apenas de design e recursos técnicos do PoP, o desempenho é importante.

Na hora de escolher uma CDN verifique diferente critérios

As empresas podem escolher entre uma variedade de fornecedores de CDN e serviços para atender às suas necessidades específicas, desde que importantes requisitos sejam atendidos.

  1. Verifique o suporte a diferentes projetos de CDN

Quando você examina o desempenho de uma CDN, é necessário considerar a arquitetura, porque ela desempenha um papel significativo em como esse CDN responde a determinados tipos de projetos.

O tipo de design desempenha um papel importante ao analisar as métricas de desempenho da CDN. Diferentes tipos de projetos têm pontos fortes e fracos, especialmente quando submetidos a testes de desempenho em diferentes áreas geográficas, como Índia, América Latina, América do Norte e Europa.

  1. Analise os relacionamentos da CDN

O desempenho de um projeto de migração pode ser afetado pelo relacionamento que o CDN tem com o provedor de serviços de Internet (ISP) local.

Grandes players do mercado podem apresentar péssimos resultados em alguns locais remotos, já que o Provedor CDN local pode ter melhores relacionamentos com seu ISP local.

  1. Examine com cuidado os critérios de desempenho efetivo

O teste de desempenho é vital quando se trata de CDN. Então, vamos olhar para os critérios para não perder os fatores de avaliação. Para testes adequados, os seguintes critérios devem ser incluídos:

  • Latência;

  • Taxa de transferência e largura de banda;

  • Tempos de pesquisa de DNS;

  • tempos de conexão TCP;

  • Download de Conteúdo;

  • Tempos de acerto do cache;

  • Tempos de ida e volta.

A demanda por fornecimento de conteúdo rápido e seguro está em alta por vários motivos, incluindo o uso crescente de dispositivos móveis, o aumento da colaboração on-line e a disponibilidade de serviços em nuvem para dar suporte à entrega de conteúdo.

As redes de distribuição de conteúdo são responsáveis ​​por uma parcela crescente da entrega de conteúdo da Internet, incluindo mídia de streaming ao vivo e sob demanda, arquivos de mídia e aplicativos.

Por isso, você deve ficar atento no momento de escolher uma CDN para seu projeto de migração, aproveite nossas dicas para uma avaliação mais efetiva. Inscreva-se em nosso blog e não perca outras dicas e novidades.