Reduzir a taxa de rejeição do e-commerce é um desafio e uma das grandes preocupações para quem tem um negócio online. Ela representa basicamente a porcentagem de visitantes de uma loja virtual que sai do site depois de visualizar apenas uma única página.

Considerada como uma das principais métricas do mercado online, a taxa de rejeição ajuda o proprietário do site a avaliar a eficácia do conteúdo apresentado ou da estratégia de venda, no caso de um e-commerce.

Sendo assim, uma alta taxa de rejeição pode significar que o conteúdo não é relevante para o visitante ou que sua loja virtual não está atraindo seu mercado-alvo de maneira eficaz.

Para te ajudar a vencer esse desafio, vamos apresentar algumas dicas importante de como reduzir a taxa de rejeição do e-commerce e melhorar suas vendas.

Mantenha o foco em reduzir a taxa de rejeição do e-commerce

Basicamente a taxa de rejeição pode ser medida de duas maneiras:

  1. Determinando o número de pessoas que entram no site, mas “rejeitam” antes de explorar qualquer coisa que não seja a página de entrada.

  2. Determinando quais visitantes deixam o site depois de um breve período de tempo, geralmente cinco segundos .

Não vamos entrar no detalhe de como fazer esse cálculo, porque nosso foco está nas dicas de como reduzir a taxa de rejeição do e-commerce, mas vale destacar que quanto menor a porcentagem, mais eficaz e relevante o site é considerado.

Uma alta taxa de rejeição é geralmente classificada quando ela excede o valor de 70%, mas qualquer site ou loja virtual com uma taxa de rejeição superior a 50% provavelmente precisa ser acompanhada mais de perto, justamente para não ultrapassar esse valor que já é considerado crítico.

No caso de uma alta taxa de rejeição, os administradores do site podem realizar uma série de alterações na tentativa de identificar possíveis erros e determinar quais ajustes no conteúdo se tornam mais atraentes para os visitantes. Então vamos as dicas.

  1. Diminua o tempo de carregamento do seu site

O carregamento do site é o pontapé inicial para as nossas dicas para reduzir a taxa de rejeição do e-commerce. O tempo gasto para apresentar a página inicial do seu site ou de sua loja virtual tem um impacto significativo nas taxas de conversão de vendas e na rejeição.

Para o varejo, em particular, o desempenho de um e-commerce é vital para o sucesso do negócio.

Os clientes hoje, não são pacientes o suficiente para esperar pelo carregamento de uma página de produtos, no resultado de uma busca e até nos processos de pagamento. Especialmente os clientes que utilizam dispositivos móveis se frustram rapidamente e saem de sites com carregamento lento.

  1. Invista na estratégia do Mobile-First

Um design centrado no mobile é o primeiro critério utilizado pelo Google para dar aos sites a relevância no resultado de suas buscas. Por isso, você deve seguir esse mesmo princípio.

A realidade já mostra que quase metade de todas as visitas a sites de varejo vêm de smartphones, usado simplesmente para navegar sem comprar ou efetivamente para converter uma compra.

Basta um design pobre de uma loja virtual que não tenha o preenchimento automático de informações em um processo de busca por produto ou os muitos passos para um cadastro ou processo de pagamento para o abandono do site. A experiência do usuário será determinante para reduzir a taxa de rejeição do e-commerce.

  1. Reduza drasticamente o processo de pagamento

Durante o processo de pagamento, seu e-commerce deve se concentrar apenas nas informações necessárias para processar o pagamento. Não direcione seu cliente para o preenchimento de formulários com informações irrelevantes ao momento da conversão.

Existem outros métodos para estimular o seu cliente a informar outros dados que serão importantes para identificar e montar um perfil de consumo, inclusive oferecendo cupons de desconto.

Lembre-se que muitos consumidores podem estar inseguros no momento de concluir a compra, qualquer lentidão ou processo mais complicado de pagamento pode estimular o abandono do carrinho e aumenta a taxa de rejeição do e-commerce.

Busque sempre melhorar o desempenho do seu e-commerce, em diferentes aspectos. Páginas muito ricas em mídia, anúncios de terceiros e grandes imagens são exemplos dos piores inimigos das lojas virtuais e que ajudam no crescimento das taxas de rejeição.

Quer outras dicas para melhorar a performance do seu e-commerce? Continue nos acompanhando em nosso blog, inscreva-se em nossa newsletter e não deixe de acompanhar as novidades da SingularCDN.